Hackers ameaçam ataque cibernético contra sete bancos sul-coreanos

SEOUL: Um grupo de hackers ameaçou um ataque cibernético contra sete bancos sul-coreanos se eles não pagassem 360 milhões de won ($315,000) no bitcoin da moeda virtual.
O grupo, chamado Armada coletiva, ameaçou realizar um ataque distribuído de negação de serviço (DDoS) se o dinheiro exigido não for pago até 26 de junho, informou a agência de notícias sul-coreana Yonhap nesta quinta-feira.

Entre os afetados estão os três maiores bancos do país – KB Kookmin Bank, Shinhan Bank e Woori Bank – e outros, como KEB Hana e NH Bank, de acordo com as autoridades financeiras da Coréia do Sul.

Os bancos impulsionaram seus sistemas de segurança diante de um possível ataque que poderia perturbar seus sites.
DDoS é uma tática comum de ciberataque que envolve a tentativa de sobrecarregar um site ou serviço com um grande volume de tráfego de fontes diversas, informa a notícia Efe.

O Armada coletiva também ameaçou outras empresas no passado com tais ataques, exigindo pagamentos na cryptocurrence bitcoin.
Em novembro de 2015, vários serviços de e-mail seguros foram alvo do grupo, que também criou ameaças de ataques cibernéticos em países como Suíça e Tailândia.

Posts Relacionados

Nenhum comentário ainda.

Deixar um comentário

Você precisa estar logado. Efetue login para postar um comentário