Um novo site com base na Rússia está transmitindo vídeos ao vivo a partir de milhares de webcams privadas em todo o mundo, incluindo imagens de bebês e pacientes em hospitais. Hackers acessam as câmeras usando senhas padrão estabelecidas pelos fabricantes, disse uma autoridades britânica nesta quinta-feira. Esses detalhes de log-in estão disponíveis gratuitamente on-line, deixando as câmeras desprotegidas, garantindo acesso a qualquer pessoa. Muitas das câmeras foram instaladas em residências e empresas por pessoas que tentam melhorar a segurança. O proprietário pode usá-los para monitorar sua propriedade remotamente através da Internet. Mas ao fornecer acesso público a esses dispositivos - incluindo redes de CCTV em lojas, residencias, monitoramento de bebês e crianças - o site está expondo seus momentos íntimos. O site afirma que sua motivação é para chamar a atenção para o problema. "Estas câmeras não forão...